Portal Turismo Brasil
  • Foto: Rita Barreto
  • Foto: Jota Freitas/Setur
  • Foto: Tatiane Azeviche
  • Foto: João Ramos/Bahiatursa
  • Foto: Tatiane Azeviche
 
Brasil Bahia
Bahia
De igrejas seculares ao artesanato típico das cidades do interior, da crença diversificada de seu povo mestiço aos mitos e ritos do folclore local, a Bahia se abre num verdadeiro mosaico de atrativos para quem deseja desvendar toda a sua graça e poesia. Terra dos orixás, patuás e babalorixás e também do culto a Todos-os-Santos, a Bahia reúne em si mesma todos os ritos e mitos.
As diversas expressões folclóricas ostentam a riqueza do imaginário popular. Rodas de samba, Puxadas de Mastro, Capoeira, Terno de Reis, Bumba-meu-boi, Afoxé e tantas outras colorem, animam e exibem a fé inabalável do baiano por toda a capital e interior. Um mosaico de festejos e celebrações às crenças de origem africana, indígena e portuguesa, ao tempero singular da baianidade.
A Bahia é palco de cenários de rara beleza, onde a natureza reina e agracia os visitantes com todo o seu encanto. Um verdadeiro toque dos deuses no Nordeste brasileiro. De norte a sul e de leste a oeste, das belas praias do litoral às montanhas, ao cerrado e ao sertão, a paisagem transforma a Bahia em um lugar especial, onde natureza e cultura se fundem, proporcionando a nativos e visitantes experiências únicas de viver e conviver.
Fruto da miscigenação do índio nativo, do europeu e do africano, o baiano é, por natureza e excelência, hospitaleiro, acolhedor, simpático e festeiro. Essas características singulares, expressas na cultura e na religiosidade, acabam por se constituir em mais uma atratividade turística da terra.
As várias facetas desta terra oferecem ao visitante um turismo diversificado, com opções para todos os gostos. Por isso, o setor é hoje um importante fator de desenvolvimento, de geração de renda e de divulgação do Estado e do País.
Dividida em 13 zonas que reúnem 156 municípios e localidades turísticas, a Bahia oferece um sem-número de opções para todos os gostos. Desde a capital, Salvador, ao interior, a Bahia apresenta um enorme mosaico de atrativos para todos os gostos e idades, abrangendo 15 segmentos, desde o Sol & Mar, Cultural, de Negócios ao Ecoturismo, Enoturismo, Turismo de Aventura, Náutico, Rural, Religioso, de Pesca, de Golfe, GLS, Étnico-afro, Étnicoindígena e Arqueológico.
Além disso, o Estado é pródigo em festas populares, como o Carnaval, e ganhou reforço com os investimentos feitos na formatação de novos produtos turísticos, como o São João da Bahia, o Espicha Verão e o GP Bahia de Stock Car.
Cidades






Conheça!

Ponta de Humaitá

Com cenários naturais e históricos, é um dos locais mais bonitos da Cidade Baixa. Não deixe de visitar a igrejinha, o convento e o farol, de onde se vê a Baía de Todos os Santos de um dos ângulos mais favoráveis, especialmente ao pôr-do-sol.

Foto: Rita Barreto (Salvador)
Praia Cassange

Extensa, com ondas fracas e muitos coqueiros, a praia de Cassange tem areia mais fofa que as outras. Ali se encontra a Lagoa de Cassange, lagoa de água doce separada do oceano por uma faixa de areia de 300m de largura. A lagoa é boa para banho e esportes a vela. Tem pousadas. O Morro do Celular, parada obrigatória para quem vem de jipe de Itacaré, oferece uma vista panorâmica para a lagoa e parte ...

Foto: Solange Rossini (Maraú)
Pelourinho

Principal ponto turístico de Salvador, abriga vielas íngremes, com igrejas, museus e alguns dos mais badalados bares e museus da cidade. Foi considerado pela Unesco Patrimônio da Humanidade. São mais de 800 casarões dos séculos XVII e XVIII. O nome do bairro faz referência às colunas onde os negros eram açoitados em praça pública.

Foto: Jota Freitas/Setur (Salvador)
Mucugezinho e Poço do ...

O rio Mucugezinho corre em alguns trechos sobre lajedos que formam tobogãs e poços. Entre eles está o Poço do Diabo, formado por uma queda d’água de 20 metros de altura. Local perfeito para a prática de esportes de aventura, como tirolesa e rappel.

Foto:Tatiana Azeviche (Lençóis)
Palácio Rio Branco

Construído inicialmente de taipa e barro, serviu para abrigar, em 1549, o governador-geral do Brasil, Tomé de Sousa, e o centro de administração do reino de Portugal. Chamado então de Casa do Governo, passou também a funcionar como quartel e prisão, esteve envolvido em motins populares, foi sede da República Baiana de 1937, hospedou figuras portuguesas ilustres, serviu de residência provisória a D ...

Foto: RKBarreto (Salvador)

Conheça também
  • Palácio Rio Branco
    Construído inicialmente de taipa e barro, serviu para abrigar, em 1549, o governador-geral do Brasil, Tomé de Sousa, e o centro de administr ...
  • Arandi - Algodões
    Mais ao sul se extendem por quilômetros as praias de Algodões e Arandi, com ondas fracas, vastos coqueirais e areias finas e claras. Em Aran ...
  • Canyons
    Em Paulo Afonso, paredões rochosos cercam as águas do rio São Francisco formando um vale, cuja profundidade varia de 30 a 170 metros. Por te ...
... Mais


Compartilhe
FaceBook
Youtube
Google +



Bahia Estabelecimentos Atrações Turísticas Serviços Úteis
Aqui você encontra Estabelecimento 1962 Atrações 226 Serviços 39


Um Projeto Apoio
Abresi CNTur

DPI - Desenvolvimento de Projetos em TI